Presidente de Rotary International visita o Distrito

Barry Rassin, do Rotary Club de East Nassau, Bahamas, Presidente 2018-19 do Rotary International, esteve em São Paulo nos dias 27 e 28 de agosto e foi recepcionado pelos Distritos 4610, 4430 e 4420.

 

O Distrito 4610 de Rotary International, ao lado dos Distritos 4420 e 4430, promoveu a recepção no Brasil de Barry Rassin e Esther Rassin, Casal Presidente do Rotary International. No início da tarde de 27 de agosto, eles foram recebidos em solo paulista pelos governadores Carlos Torci (4420), Edson Cunha Borcato (4610) e Dante Amato (4430), além de Nahid Chicani (presidente da Fundação dos Rotarianos de São Paulo) e José Alfredo Pretoni (Diretor de RI 1995-97). Um almoço de boas-vindas aconteceu na cidade de São Paulo e, na sequência, a comitiva seguiu para a Prefeitura, onde foi recebida pelo Prefeito Bruno Covas.

Já na terça-feira, dia 28 de agosto, a agenda de Barry Rassin ao Brasil incluiu a visita à Fundação de Rotarianos de São Paulo, a maior obra do mundo feita por rotarianos na área da educação. Acompanhado por diretores e gestores da Fundação e por rotarianos, o presidente conheceu o Colégio Rio Branco, as Faculdades Integradas Rio Branco na Granja Viana e na Lapa, o Ensino a Distância Rio Branco, o Centro Profissionalizante Rio Branco e o Centro de Educação para Surdos Rio Branco.

Barry ficou encantado com o trabalho realizado. “Rio Branco é realmente singular, por ensinar o aprendizado criativo. É importante nos dias de hoje ensinar as crianças a como pensar, mais do que encher a cabeça delas só com informações. Se pudermos ser criativos e pensar em como fazer as coisas, podermos fazer deste mundo um lugar melhor”, comentou.

Já à noite, Barry reuniu-se com rotaractianos. E em seguida, um jantar festivo reuniu centenas de rotarianos, finalizando a agenda em São Paulo. Quanto questionado sobre o que mais lhe chamou a atenção, Barry sorriu e respondeu: “as crianças. Poder aprender nem que seja um pouquinho da linguagem de sinais e dizer olá para elas. E também falar com os adolescentes, a maioria de família carente, mas com o compromisso com aprender. O apoio que esses jovens recebem aqui (no Cepro) é muito importante, é a oportunidade que tem para mudar de vida”. E pede que as pessoas continuem este trabalho. “Juntos, vemos um mundo onde as pessoas se unem e entram em ação para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo”, finalizou o presidente, citando a declaração de visão do Rotary International.